Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Buscar  




TV ABRAÇO

Fan Page

(61) 98236-4626

Áudios
1
Spot chama parlamentares a apoiar Projeto de Radcom
PL 10637/2018
2
JINGLE CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
MOVIMENTOS SOCIAIS


Noticias abraço
Publicada em 25/09/23 às 18:21h
No dia Nacional do Rádio radialista fala da emoção em fazer comunicação comunitária
“Nós somos formadores de opinião. A gente zela muito pelo que a gente fala”, destaca o radialista Divino Candido

Assessoria Mcom

Divino Candido Estudio Lider FM (Foto: Pablo Le Roy/MCom)  (Foto: Assessoria Mcom )

Vivemos em um mundo globalizado, onde músicas e informações estão na palma da nossa mão. Mesmo assim, o rádio ainda é um meio de comunicação importante e acessível, despertando o interesse dos brasileiros. “Rádio é amor. Muitas vezes eu chego cheio de problemas, mas a gente tem que trazer alegria, porque rádio também é alegria”, conta o radialista Divino Candido.

São mais de 10,6 mil rádios FM e AM ativas no Brasil, levando informação e entretenimento, de maneira rápida e acessível à população. Dentre elas, mais de 5 mil rádios comunitárias como a Líder FM, comandada por Divino Candido, contribuem diretamente para a promoção da cidadania e o fortalecimento da democracia.

Morador do Recanto das Emas, no Distrito Federal, o radialista viu que a cidade precisava de uma voz para mostrar os problemas da região e dialogar com autoridades para resolver as questões apresentadas pelos moradores. “A Líder surgiu do nascimento de uma necessidade de comunicação na cidade. Nós recebemos as demandas e entramos em contato com as pessoas competentes. Nós somos formadores de opinião. A gente zelo muito pelo que a gente fala”, explica o radialista.

Mas o que muitos não sabem é que nos bastidores dessas rádios comunitárias a luta é grande para manter um serviço de qualidade para a população. “O que nos move nessa comunidade aqui, o que nos dá sustentabilidade, é o amor que nós temos pela comunidade, o carinho que nós temos onde nós passamos. Eu faço isso aqui por amor. Isso aqui é nosso, é da comunidade. Rádio Comunitária é a voz da comunidade”, finaliza Divino Candido.

E a rádio comunitária realmente faz diferença na vida dos moradores da região. Segundo pesquisa “Inside Áudio 2023” da Kantar Ibope Media, as programações de rádios são ouvidas por 80% da população nas 13 maiores regiões metropolitanas do Brasil. É o caso do José Ronaldo dos Santos, morador do Recanto das Emas que acompanha todo o movimento da cidade pela rádio Líder. “Qualquer problema na cidade a gente reclama e de imediato acontece o resultado. A rádio faz a diferença na comunidade”, completa o ouvinte.

DATA COMEMORATIVA - No dia 25 de setembro é celebrado o Dia Nacional do Rádio e da Radiodifusão. A data foi criada para relembrar o nascimento de Edgar Roquette-Pinto, considerado o pai da radiodifusão no país.

No entanto, o rádio iniciou no país no dia 7 setembro de 1922. Naquele dia, uma estação foi instalada no Corcovado, no Rio de Janeiro, então capital federal, para tocar músicas e veicular o discurso do então presidente Epitácio Pessoa. Desde então, este veículo de comunicação ganhou força e entrou nas casas das pessoas.

“Há mais de 100 anos, o serviço de radiodifusão vem exercendo um papel fundamental de democratizar o acesso à informação no Brasil, além de levar cultura e entretenimento para a população”, destaca o ministro das Comemorações, Juscelino Filho. Em comemoração a esse centenário da radiodifusão no país, em setembro de 2022 o MCom encaminhou ao Congresso Nacional uma proposta de Projeto de Lei para instituir o Dia Nacional do Rádio. O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados e segue em tramitação.


Matéria - Assessoria MCOM






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:




















Associação Brasileira de Rádios Comunitárias
Copyright (c) 2024 - ABRAÇO BRASIL - Todos os direitos reservados